h1

Prateleiras com design

October 12, 2009

Tá certo que eu já tinha me apaixonado por uma ou outra estante de livros que vi por aí, mas nunca de verdade havia parado para pensar o quanto de genialidade pode ser empregado no processo de produzir prateleiras. Prateleiras, no fim das contas, são chapas de qualquer coisa que servem de suporte para qualquer coisa, não? Não.

Com a visitinha básica desta manhã ao Apartment Therapy, descobri um designer chamado Dieter Rams, que nos anos 60 projetou o tal “Vistoe System“. Segundo o autor do post, não há cliente que não perca a cabeça quando vê estas estantes. Elas estouram completamente o orçamento apenas para poder comprá-las. O impressionante é que isso não acontece porque elas são objetos fashion, parte de uma tendência mercadológica e passageira de decoração. Pelo contrário, são estantes básicas, moduladas, ajustáveis e que não saem de linha – nem deverão sair tão cedo. Portanto, alguém pode começar a montar a sua hoje e terminar só daqui a 40 anos. Pelo preço, deve mesmo acontecer com freqüência. Há armários, gavetas, bancadas que podem ser usadas como mesa de computador. E o sistema pode ser usado para armazenar qualquer coisa: servem de armário de cozinha a closets.

E melhor: como são reguláveis, mesmo que a pessoa se mude, poderá rearranjar de forma que se encaixem novamente as prateleiras nos novos espaços. Tá certo que elas são elegantes, mas não são especialmente bonitas. Quando cheias de livros, podem simplesmente desaparecer. No fim das contas, se paga por estantes invisíveis que servirão pro resto da vida.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: